Saiba como criar pastas e compartilhar arquivos no Google Drive

O Google Drive é considerado hoje uma das melhores ferramentas para armazenar, compartilhar, sincronizar e editar documentos online de qualquer tipo.

No entanto, ainda existem muitas dúvidas de como fazer isso na prática, na qual as pessoas deixam de recorrer e aproveitar as vantagens deste ferramenta, que por sua vez visa colaborar com a organização e otimização de tempo.

E é justamente sobre isso que vamos tratar neste artigo, desde entender seu funcionamento até mesmo saber como operar dentro dos recursos disponibilizados pela plataforma.

O que é Google Drive?

Este é um serviço que permite aos usuários arquivar, realizar modificações, visualizar diferentes tipos de arquivos, e sincronizá-los a distância, seja através de um computador ou dispositivos móveis.

E para que possa ter acesso aos seus registros de qualquer outro dispositivo, será preciso que efetue o login com o email e senha de correspondência da conta em que se realizou os uploads.

O  grande diferencial deste programa é justamente a possibilidade de ter acesso remoto através de qualquer outro aparelho eletrônico que não seja o qual já está habituado, desde que tenha uma conexão com a internet.

Além disso, o Google Drive ainda viabiliza diversos formatos compatíveis para que seus repertórios sejam salvos, bem como PDF, JPEG, MP3, etc. Veja a seguir, como funciona na prática:

Como criar pastas?

Em primeiro lugar, listamos alguns mecanismos que o site disponibiliza para poder atender as diversas demandas, onde as principais atividades organizacionais do dia a dia possam ser executadas de maneira simples e com mais eficiência. Confira:

  • Google Drawings: desenhos;
  • Google Sites: criação de site;
  • Google Maps: mapas geográficos;
  • Google Docs: texto semelhante ao Word;
  • Google Sheet: tabela parecida com o Excel;
  • Google Slides: apresentações como o PowerPoint;
  • Google Form: formulários para coletar informações.

Leia também:  Tendências da Tecnologia da Informação para 2021!

Para criar qualquer um deles, é preciso:

  1. Acessar sua conta e selecionar o botão “Meu Drive”
  2. Em seguida, clique em “Nova Pasta”.
  3. Depois, nomeie a pasta e clique em “Criar”.

Portanto, ao seguir essas etapas, sua pasta estará criada! Veja, agora, como compartilhar os documentos.

Compartilhando arquivos na Nuvem

Esta opção é o ponto forte desse aplicativo, entretanto, há uma pequena diferença em usá-lo no computador ou celular.

Nos dispositivos móveis, depois de elaborar sua criação de pastas, basta apertar nas 3 bolinhas que aparecerão ao lado do título, e clicar em ”Compartilhar”.

Já para os computadores, também é bem prático: pressione com o botão direto do mouse em cima da pasta ou arquivo que deseja enviar, e selecione a opção que lhe convém.

Com isso, é possível destinar à um colaborador e validar o compartilhamento.

Você será direcionado para uma página e terá que digitar o e-mail de quem quer que receba, mas se o seu objetivo é que essa outra pessoa possa editar, ao lado do endereço de e-mail, selecione “Editor”, e por fim, clique em “Enviar”.

Ainda existe a preferência de copiar o link, e enviar por outras mídias, como nas redes sociais, WhatsApp ou em outros canais.

E quando algo é enviado para você, não irá aparecer imediatamente. Será preciso que entre na aba de “Compartilhados comigo”, e para ter acesso, clique sobre o arquivo e depois, “Adicionar ao meu drive”.

O processo é elementar e sem complicações para configurar. Mas caso ainda esteja com alguma dúvida se vale ou não a pena, confira algumas vantagens.

Google Drive vale a pena?

Obviamente que tudo vai dependerá dos seus princípios, mas a  interface é intuitiva e fácil de usar.

Embora as versões pagas contem mais funcionalidades, a gratuita também oferece métodos muito interessantes.

Outra vantagem que vale destacar, é a compatibilidade com praticamente todos os sistemas operacionais, onde basta estar conectado à rede de internet.

Contudo, pode-se concluir que está é uma das maneiras mais eficazes de guardar e remeter arquivos, que pode ser pelo Desktop, tablet ou smartphone.

No começo, pode até parecer um pouco complicado, no entanto, com a prática, é muito mais fácil do que imagina!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *